A migração das rádios web para o HTML 5 - Cross Host
A migração das rádios web para o HTML 5

A migração das rádios web para o HTML 5

Como já foi abordado no post sobre as possibilidades que os serviços de streaming encontram com o uso da tecnologia HTML 5, a quinta versão do HTML chegou ao mercado para fazer a padronização de leitura dos navegadores, como Internet Explorer, Google Chrome e Mozila Firefox.

Dessa forma, contribui para melhor experiência de usuário e programadores, fim de distorções de visualização, linguagem simplificada, além de deixar a navegação mais fluída e com menos ruídos. E isso vale para aplicativos mobile também.
E para sites que reproduzem arquivos de mídia, como as rádios web, essa evolução veio para ficar, já que com o HTML 5 não é preciso instalar plug-ins diferentes para escutar uma playlist de músicas, por exemplo, tornando o áudio cada vez mais acessível em diferentes plataformas.
Antes, os streamings de rádio utilizavam o Flash Player em seus portais e também nos players online de áudio, ao passo que muitas vezes os navegadores barravam a execução automática destes plug-ins.

Entenda melhor

A cada atualização dos navegadores, principalmente as últimas feitas pelo Google Chrome, o acesso ao Flash foi ficando cada vez mais difícil. A própria Google, e outros navegadores, já padronizaram sua codificação para o HTML 5, decretando o fim do Flash.
E quanto ao uso do Chrome, não há como discutir quando se trata do navegador mais usado no mundo. De acordo com o relatório da NetMarketShare divulgado em março de 2017, o software da Google domina cerca de 59% do mercado, enquanto o Internet Explorer fica em segundo lugar com aproximadamente 19% de uso.
É uma tendência gradativa que as rádios brasileiras, que antes usavam links externos de streaming e demandavam o uso dos players de computador como Windows Media Player, Winamp e Realplayer, façam a migração para a quinta versão do HTML.
Nas rádios com streaming em HTML 5 o ouvinte não precisa mais instalar os plug-ins e programas para ter acesso ao player.
Em contrapartida, emissoras que ainda insistem em utilizar o Flash, não apenas para streaming mas também para animações de banners, imagens e vídeos em seus sites, percebem uma queda significativa na audiência, já que a tendência dos navegadores é barrar a execução automática do Flash.

Conheça o streaming de rádio desenvolvido em HTML 5 pela Cross Host

Muito utilizado para rádios web, emissoras de rádio AM e FM, e também para projetos de rádios corporativas, indoor, rádio loja e som ambiente, o streaming de rádio AAC-Plus desenvolvido pela Cross Host é baseado em HTML 5. Conheça algumas vantagens:
– Grande alcance à diversos locais e em todos os dispositivos móveis como Android e iOS;
– Player personalizado e responsivo, com suporte técnico rápido e individualizado;
– Compatibilidade com o Google AdSense, para monetização e geração de publicidade online;
– Acompanhamento de audiência em tempo real;
– Players compatíveis com as redes sociais como Facebook e Twitter;
– Recurso de Auto DJ, permitindo que a transmissão funcione 24h sem precisar de um computador ligado executando a programação. O sistema funciona direto de um servidor web que se conecta automaticamente.

Para mais informações entre em contato!