Encoder de vídeo: o que é e qual utilizar em Live Streaming - Cross Host
Encoder de vídeo: o que é e qual utilizar em Live Streaming

Encoder de vídeo: o que é e qual utilizar em Live Streaming

Realizar uma transmissão ao vivo profissional demanda conhecimento técnico e alguns equipamentos indispensáveis para um resultado final eficaz. O Encoder de vídeo com certeza é um deles, afinal, o que seria de uma Live Streaming sem uma ferramenta realizando a ligação entre os sinais de transmissão, as placas de áudio e o servidor? Pois é, sem o Encoder de Vídeo não há como produzir versões digitais para transmissões na internet. Se você está querendo entender um pouco mais sobre esse universo, hoje nós vamos esclarecer todas as suas dúvidas.

O que é um Encoder de vídeo?

Encoder de vídeo
Imagem Teradek

De forma objetiva, o Encoder de vídeo é o nome dado ao dispositivo capaz de transformar e converter qualquer conteúdo gravado em vídeo em formatos específicos para a Web. O principal objetivo dessa codificação é realmente possibilitar que esses vídeos sejam incorporados ou transmitidos em um site, em uma plataforma de Streaming ou em qualquer tipo de mídia.

A palavra “Encoder” em português significa “Codificador” e o  Encoder de vídeo pode ser encontrado em dois formatos: Hardware ou em um Software para codificação. Essa escolha entre um e outro vai depender exclusivamente do propósito da sua Live Streaming .  Mas já adiantamos que geralmente, em transmissões ao vivo profissionais, o Encoder de vídeo utilizado é no formato Hardware e não em softwares de codificação, já que os mesmos não oferecem uma qualidade equivalente.

Para que serve um Encoder de vídeo?

O Encoder de vídeo serve exclusivamente para que produtores de conteúdo online convertam suas mídias em formatos exclusivos para a WEB. Quando esse vídeo “sai da câmera”, ele tem um formato bruto e totalmente incompatível com plataformas, sites e dispositivos, não podendo ser executado na internet.

Como usar um Encoder de vídeo e fazer o processo de codificação?

Encoder de vídeo teradek
Imagem Teradek

O processo de codificação e conversão é feito à partir da captação de áudio e vídeo no próprio aparelho de Encoder através de uma transmissão cabeada ou sem fio (wireless), para configurá-lo é necessário o mínimo de conhecimento técnico, conectando cabos HDMI a fonte de vídeo do Webcast, as entradas de áudio, os cabos de rede etc.

Tudo vai depender do modelo do Encoder. Aqui na Cross Host utilizamos o top de linha da Teradek, com processos digitais e altamente eficientes, mas existem milhares de tipos e modelos. Em resumo, o processo de codificação é realizado quando o Encoder de vídeo transforma as imagens e áudios captados em “vídeos de internet”, que podem ser salvos na qualidade mais adequada para sua necessidade:  240p, 360p, 480p, 720p, 1080p.

Encoder de vídeo: Hardware x Software

Embora os hardwares e softwares de codificação sejam estruturalmente diferentes, eles funcionam de forma muito semelhante: ambos possuem o mesmo objetivo – selecionar os arquivos de vídeo RAW (brutos) e os converterem em arquivos digitais. Porém existem algumas distinções entre os dois formatos de codificação.

O formato Hardware é ideal para transmissões ao vivo e Live Streaming profissional, afinal, o seu desempenho é infinitamente melhor e mais eficaz. Isso acontece porque o Encoder de Hardware é específico para codificação, seu propósito é a conversão de forma dedicada. Já os softwares de codificação funcionam junto com o sistema operacional do computador. Portanto, a codificação não é a função principal e pode apresentar falhas. A diferença também pode ser notada no preço de cada um e na qualidade final do vídeo.

Encoder x Codec x Decoder: qual a diferença?

 Em resumo o Codec é uma abreviatura de “codificador/decodificador” e tem por finalidade realmente codificar um vídeo para armazenamento e decodifica-lo para uma transmissão ao vivo. Vemos que geralmente o termo Encoder é usado muito mais para descrever um equipamento de Hardware ou um software de decodificação como vimos anteriormente. O Encoder é focado na codificação e os codecs são projetados para codificar e decodificar. Já o decoder tem a função contrária, seu objetivo é decodificar e transformar os dados na devida forma de código através da linguagem binária.  A decodificação, é o mecanismo tecnológico que permite às máquinas interpretar essa sequência de símbolos e sinais.

Qual o melhor Encoder para transmissão ao vivo / Live Streaming?

O Encoder a ser utilizado vai depender muito do objetivo e dos recursos que você precisa para sua transmissão ou Live Streaming. Se você nunca fez uma transmissão, não tem conhecimento técnico e nem recursos para adquirir um Encoder de Hardware profissional como os da Teradek utilizados nas transmissões ao vivo da Cross Host, você pode optar por um software de transmissão básico, como o OBS STUDIO por exemplo, assim você pode se familiarizar com o processo e aprender o básico sobre a ferramenta.

Agora se você quer realizar uma transmissão profissional, o mais indicado é apostar em um Encoder de Hardware. Mas para identificar qual é ideal para sua necessidade, é ideal fazer as seguintes reflexões:

  • Para quantas pessoas você vai transmitir?
  • Qual tipo de computador e sistema operacional será utilizado?
  • Qual valor você pode investir?
  • Quais são os pré-requisitos da sua plataforma de Streaming?
  • Quantas imagens de câmera você precisa incorporar?
  • Qual tipo e modelo de câmera você vai utilizar?

No geral, é importante garantir que qualquer software de codificação de transmissão ao vivo que você escolher ajude a cumprir todos os seus objetivos de produção e transmissão de conteúdo de vídeo. Existem alguns considerados os melhores do mercado ,listamos abaixo para que você conhece e pesquise um pouco mais sobre cada um deles:

Os 3 melhores Encoders de vídeo para uma transmissão ao vivo 

 

1° Teradek – Modelos 655, VidiU e Beam

Conseguem transmitir dados para a maioria das plataformas de vídeos online com toda a facilidade, e alguns oferecem uma integração nativa com redes sociais populares como o Twitch, Ustream, Periscope, YouTube Live com bitrates altos, desempenho sem fio, monitoramento por Ipad e gravação a bordo.

2° LiveShell X

Ajuda os profissionais a transmitirem conteúdo de áudio e vídeo direto sem sequer usarem o computador pessoal. Este equipamento funciona com tecnologia de codificação H.265 nas transmissões em direto e suporta um nível de resolução de 1080p num rácio de frames de 60 fps.

3° Blackmagic Web Presenter HD

O Encoder Blackmagic suporta as plataformas de Streaming populares e possui um sistema de Streaming integrado. Projetado com qualidade Brodcast, solução autônoma e sem quadros descartados.

Conclusão

O Encoder que você selecionar para sua transmissão vai desempenhar um papel super importante na entrega e na qualidade final da sua Live Streaming, portanto, pesquise, estude e releve todas as considerações antes de escolher o seu.

Atualmente existem muitos modelos e formatos, mas tudo vai depender da sua necessidade. Se você quer economizar e fazer uma transmissão ao vivo profissional sem realmente precisar adquirir um Encoder de vídeo profissional, fale com a Cross Host e conheça nossas soluções de transmissão ao vivo.