Vídeoaula: o que é, como fazer e por que investir?

06/abr

Desde o início da pandemia, o número de conteúdos digitais consumidos cresceu de forma exponencial. A impressão é de que a internet se transformou em uma grande escola de educação digital, com milhares de pessoas dispostas a ensinar algo novo e do outro lado, milhares de pessoas sedentas por aprendizado e conhecimento. Com esse dilema, a procura por vídeoaula realmente explodiu, chegando a uma alta superior a 400% somente no segundo semestre de 2020. Com uma panorâma como esse, os questionamentos acerca das aulas online, as famosas videoaulas, estão sendo levantados e os resultados se mostram extremamente positivos, mas ainda existem algumas dúvidas.

 

 

 

Afinal, o que é uma vídeoaula?

Estúdio Cross Host (2).00_00_12_24.Quadro001

 

Vídeoaula nada mais é que uma aula produzida no formato de vídeo e distribuída para alunos através da internet de forma totalmente digital, seja em plataformas de Streaming como o Youtube ou o Vímeo ou em plataformas privadas. A Vídeoaula se baseia no conceito de um professor ou tutor produzindo aulas e disseminando seu conteúdo à distância de forma teórica ou prática, através de vídeos, que podem ter seus acessos gratuitos ou pagos.

Uma vídeoaula isenta a necessidade de alunos e professores em um ambiente no formato presencial e é uma importante ferramenta pedagógica, já que além de assistir ao professor os alunos podem obter recursos audiovisuais que são facilitadores no processo de aprendizagem como músicas, infográficos, apresentações e interações.

 

 

 

Por que criar uma vídeoaula e investir nesse formato?

 

O mundo mudou e se digitalizou. É completamente impensável imaginar a atual sociedade sem o uso da internet e das ferramentas digitais. Nessa onda, a forma como as pessoas aprendem e como buscam conhecimento também se modificou. Hoje em dia, por conta da pandemia e dos efeitos de distanciamento social, o mundo inteiro está vivenciando a educação à distância e emergindo nos benefícios das videoaulas.

 

De acordo com uma pesquisa realizada pelo gigante Google, o consumo de vídeos na Internet cresceu 135% em apenas quatro anos. Esses dados também revelaram que  mesmo assistindo TV, os brasileiros continuam conectados na Internet e procurando conteúdo online. Portanto, para uma geração que tem pressa de aprender conteúdos novos e está conectada na Internet tão constantemente, videoaulas são os primeiros materiais que elas procurarão para obter novos conhecimentos e informação.

gráfico videoaulas

 

Você sabia que o Brasil é uma potência mundial quando o assunto é internet? O país aparece em primeiro lugar no ranking da população mais conectada do mundo, onde 98% afirma procurar ativamente novos conteúdos e novos conhecimentos.

A educação digital à distância se tornou fundamental. O avanço da tecnologia, a melhoria das conexões e a mudança no perfil do mercado impulsionam o investimento em aulas ministradas utilizando gravações em vídeo.

O movimento de geração de conteúdos em vídeos vem avançando agressivamente, impulsionado por players mundiais como o YouTube, que transforma qualquer pessoa em gerador de conhecimento. Todos somos potenciais criadores de conteúdo e estamos ávidos pela busca de conhecimentos mais específicos e habilidades.

Investir na criação de videoaulas se tornou uma estratégia eficiente, inteligente e certeira para disseminar conteúdos e gerar lucro.

confira abaixo bons motivos para investir na criação de um projeto baseado em vídeoaula.

 

  • Bom momento do mercado: cenário propício para investimento no formato;

 

  • Conteúdo escalável: possibilidade de alcance até 100x maior que o formato presencial;

 

  • Custo baixos e acessíveis: criar uma metodologia e ministrar aulas em instituições de ensino presencial podem gerar altos custos de investimento. Já o formato vídeoaula pode ser gravado em um estúdio simples a custos mais acessíveis.

 

  • Aumento pela procura de novos conhecimentos: conhecimento tem sido a grande moeda de troca mundial. Diariamente milhares de pessoas consomem e disseminam novos conteúdo no formato vídeoaula e a perspectiva é que o formato ganhe ainda mais força e cresça de maneira exponencial.

 

 

 

Como fazer uma vídeoaula?  [7 DICAS VALIOSAS]

 

O mundo está cada vez mais visual, rápido e tecnológico, portanto, o consumo de videoaulas que integrem boas imagens, som de qualidade e um conteúdo relevante pode se destacar em relação aos seus concorrentes.

Hoje em dia, qualquer pessoa que tenha um conhecimento específico em determinada área ou segmento pode criar videoaulas fantásticas e vender o seu conhecimento. Mas será que é só pegar uma câmera e começar a gravar?

Para fazer uma boa vídeoaula é necessário ter muito além do que conhecimento. É importante fazer um bom planejamento da sua aula, desenvolver uma boa metodologia para sua audiência e entregar ao público um material de alta qualidade e com grande possibilidade de engajamento. Mas como fazer isso?

A seguir te ensinaremos os principais pontos para criar uma vídeoaula memorável.

 

 

1. Crie um roteiro consistente e atraente

Planeje o seu roteiro! Defina um bom tema, estude formas de repassar o seu conteúdo e crie um roteiro espetacular. Ele será uma das principais ferramentas de engajamento com o seu público.

 

2. Estude seu público-alvo

Saber exatamente quem é o seu público alvo, quem são suas personas e entender a sua audiência é mais do que fundamental. Se você não sabe com quem está conversando ou para quem está vendendo, fica praticamente impossível construir um conteúdo adequado. Estude! Saiba qual é o vocabulário do seu público, entenda o perfil de quem vai te assistir e desenvolva um conteúdo totalmente personalizado.

 

3. Crie um cenário específico e monte um ambiente exclusivo de gravação

Ter um espaço bem ambientado e personalizado pode fazer grande diferença na hora de gravar o seu conteúdo. Escolha um lugar com pouco barulho e uma iluminação adequada. Uma boa escolha é investir em um estúdio profissional. Lá será possível personalizar o seu espaço e ainda criar uma vídeoaula completamente profissional a custos razoáveis.

 

4. Invista em bons equipamentos

Nada pior que abrir uma vídeoaula e se deparar com imagens de baixa qualidade ou uma sonorização insuficiente, não é? Na maioria das vezes fechamos aquela aula e procuramos uma vídeoaula com um pouco mais de qualidade. Gravar de forma profissional realmente não é uma tarefa fácil. Demanda uma ótima câmera, um bom microfone, iluminação adequada e equipamentos de façam seu conteúdo se transformar em uma experiência única. A dica é: se for pra fazer “de qualquer jeito” não faça. Quem sabe não compense esperar um pouquinho e fazer um investimento para uma gravação profissional?

 

5. Crie bônus e materiais extras

Criei materiais de apoio para ajudar os seus alunos. Prepare previamente aulas bônus e conteúdos extras para ajudar em possíveis dificuldades. Além disso, seu material será visto com muito mais credibilidade e grande valor.

 

6. Faça sua Storyline

Storyline nada mais é que uma “linha de raciocínio”. Ela deve conter o que será apresentado, como será desenvolvido e qual será a conclusão. Se você criar uma storyline para a sua vídeoaula será mais fácil de fazer a gravação e você saberá por qual caminho seguir durante a execução do vídeo.

 

7. Revise seu material

Após seguir todas a dicas anteriores, revise o que foi planejado e treine sua apresentação para ter certeza que está preparado. Pronto! Agora você já pode passar para a fase de gravação!

 

 

Hora de gravar: como gravar uma vídeoaula de forma natural e profissional?

 

Agora que você já criou um planejamento, um roteiro, escolheu o ambiente, separou os equipamentos e revisou o seu material, chegou um dos momentos mais importantes do seu curso, gravar enfim o seu conteúdo. Porém não é fácil executar uma gravação de qualidade e nem todos se sentem à vontade na frente das câmeras né? Para facilitar reunimos algumas dicas fundamentais para que você se atente na hora do “play”.

 

  • Haja com naturalidade e se apresente ao público;
  • Não disperse os olhos das câmeras por muito tempo, o público precisa se sentir pertencente ao seu conteúdo;
  • Apresente uma solução no início da primeira aula;
  • Seja objetivo e vá sempre direto ao ponto. Ninguém gosta de aulas prolixas;
  • Ressalte informações importantes quando estiver explicando;
  • Sempre convide o aluno para a próxima aula, não deixe-o sem direcionamento;
  • Desperte sempre a curiosidade no seu aluno, antecipe um assunto importante e desejado para o próximo módulo;
  • Se despeça de forma leve e agradeça pelo tempo dedicado ao seu conteúdo.

 

Seguindo essas orientações as chances da sua vídeoaula engajar e converter são muito altas. Mas ainda não acabou, viu? Faça uma edição de qualidade com vinhetas, passagens , trilhas e construa uma identidade visual para as suas aulas. Esse tipo de serviço pode ser realizado por uma produtora audiovisual, e o resultado é realmente incrível.

 

 

Quer criar uma vídeoaula do zero? Traga seu conteúdo e deixe o resto com a gente.

Clique aqui para mais informações.